Oi e Huawei lançam em Búzios primeira experiência da 5G no paīs

Laone: preparativos para a chegada do 5G / Foto: assessoria

Os turistas brasileiros e estrangeiros do polo turístico de Búzios (RJ), na região dos Lagos, a 173 km da capital, estão degustando neste mês o sabor das novas tecnologias de comunicação que começam a se expandir no País, como fibra ótica residencial  e da esperada 5G, que deverá virar realidade em 2022.

A  oferta desses serviços já sinaliza a disputa que vai ser travada entre as principais operadoras de telecomunicações desde já até março do próximo ano, quando a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) lança o edital de licitação das frequências da 5G.

A operadora convidou um grupo de jornalistas  de vários pontos para conhecer a experiência. Uma das novidades oferecidas pela parceria entre a Oi e a Huawei que mais encantam quem saboreia da degustação online é a conexão em que os interlocutores podem se ver por hologramas como se estivessem um na frente do outro. Além disso, os movimentos das imagens são quase simultâneos, porque a alta velocidade é um dos atrativos do 5G.

Novos tempos

Uma torre 5G, talvez a primeira instalada no país, foi montada na Praça da Ferradura, no centro de Búzios. Sinaliza os novos tempos de comunicação que vai permitir suporte para a internet das coisas e maior rapidez em entretenimentos, como os games eletrônicos.

“Búzios foi escolhida para essa degustação porque é uma vitrine para turistas brasileiros e estrangeiros, além de beneficiar a população local”, afirmou Laone Poletto, diretor de Planejamento de Core e Transmissão da OI. “Estamos demonstrando como será a tecnologia 5G, que ainda não está disponível no Brasil, e como a fibra ótica vai funcionar para assegurar o acesso à 5G, como já acontece com a 4.5G”, explicou.

As parceiras montaram três contêineres na Praça da Ferradura, no centro de Búzios, onde é possível fazer conexão com hologramas, ver filmes do Netflix em 4K (alta nitidez e vários recursos) e jogar em alta velocidade.

De acordo com a Oi, a cidade de Búzios já conta, desde o final de 2018, com alto patamar de cobertura de fibra óptica residencial e 4.5G na telefonia mövel.

Isso proporciona internet de até 200 Mega e acesso a IPTV, a TV por internet. Uma raridade no país fora dos grandes centros urbanos, pois sempre é difícil se manter conectado em alta qualidade, por exemplo, em cidades turísticas.

Até abril de 2019, a Oi promete que Búzios vai virar  um oásis em termos de telecomunicações no interior do País. A fibra ótica estará disponível para cerca de 90% das residências, contemplando também a modernização da rede móvel com tecnologia 4,5G e já preparando o polo turístico para receber a 5G quando esta tecnologia estiver disponível no Brasil.

Na degustação, o diretor evitou falar sobre a recuperação judicial da Oi, a guerra tecnológica dos Estados Unidos contra a Huawei, a expansão da fibra ótica da Oi e a participação evidente da  empresa  no leilão da 5G. Insistiu que a empresas tem 350 mil km de fibra ótica em 2.000 municípios, tecnologia e que a  4,5 G aperfeiçoa e amplia cobertura de dados móvel e abre caminho para chegada do 5G e a experiência em Búzios

Segundo Poletto, o acesso à banda larga com internet por fibra óptica até a casa do cliente (FTTH) através do produto Oi Fibra, permite velocidades de navegação que vão de 50 Mega a 200 Mega.

Redução gradual

De olho nos avanços tecnológicos, a Oi se prepara para promover a redução gradual do uso das tecnologias 2G e 3G. Ao mesmo tempo, consolido uma ampla rede de fibra ótica, um diferencial na disputa do 5G.

Com isso, segundo a Oi, a empresa tem mais precisão e eficiência de custos na implantação dos serviços. Além de Búzios, o serviço está disponível em mais 32 cidades brasileiras. São elas: Manaus (AM), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Aparecida de Goiânia (GO), Belo Horizonte (MG), Pouso Alegre (MG), Divinópolis (MG), Poços de Caldas (MG), Montes Claros (MG), Varginha (MG), Vespasiano (MG), Ubá (MG), Betim (MG), Recife (PE), Olinda (PE), Curitiba (PR), Rio de Janeiro (RJ), Duque de Caxias (RJ), Vilar dos Teles (RJ), Niterói (RJ), Petrópolis (RJ), São Gonçalo (RJ), Cabo Frio (RJ), Teresópolis (RJ), Nilópolis (RJ), Campos dos Goytacazes (RJ), Angra dos Reis (RJ), Nova Iguaçu (RJ), Porto Alegre (RS), Viamão (RS) e Brasília (DF).

“ É importante reforçar que a Oi já possui rede FTTH em 33 cidades e rede 4,5G em 26 cidades, e que, através da sua rede de transporte em fibra óptica de grande capacidade e alta capilaridade, é a operadora capaz de transportar nacionalmente o tráfego de dados de alta velocidade, seja do FTTH ou da rede 4,5G/5G, com qualidade”, explicou José Cláudio Moreira Gonçalves, diretor de Operações da Oi.

“Os equipamentos da Huawei instalados pela Oi em Búzios são de última geração e vão contribuir para que os clientes da operadora tenham experiência de conectividade de alta velocidade e de qualidade superior na navegação pela internet”, afirmou Yao Wei, presidente da Huawei no Brasil, segundo a assessoria.

O jornalista viajou a convite da Oi

O post Oi e Huawei lançam em Búzios primeira experiência da 5G no paīs apareceu primeiro em TeleSíntese.

FONTE: TeleSíntese
Agradecimentos aos autores originais desta publicação! Até a próxima!